Considerações técnicas sobre coberturas de vidro - Edição Maio / Junho 2014 – Revista Contramarco

20.06.2014


Conhecidas como claraboias, as coberturas de vidro representam - pela transparência e diversidade de projetos - a máxima expressão de elegância e sofisticação.

As formas variam conforme a criatividade da arquitetura, sempre valorisando as edificações.

As coberturas de vidro podem ser suportadas em bases diversas, como madeira, concreto, aço ou alumínio.

Vidros de segurança - Em coberturas é necessário que os vidros de segurança, isto é, vidros laminados. Se ocorrer qualquer tipo de ruptura não haverá o desprendimento de qualquer parte do vidro, evitando danos maiores.

A NBR 7.199 da ABNT (Projeto, execução e aplicações de vidros na construção civil) especifica os dados para projeto e instalação de vidros na construção civil.

Declividade - Sempre é necessário que haja declividade para permitir o escoamento natural da água das chuvas, e evitar deformações nos vidros. É recomendado adotar declividade superior a 5%.

Esforços atuantes nos vidros Basicamente, são três os tipos de esforçoes a serem considerados:

  • Peso próprio
  • Esforços devido a pressão dos ventos
  • Cargas eventuais para manutenção

  • Peso dos materiais - O vidro laminado de 10mm pesa 25kg/m². O caixilho dealumínio pesa em torno de 10kg/m². É ncessário considerar também o peso da lâmina de água sobre o vidro e de eventual pessoa de manutenção.

    Esforços devido às pressões de ventos - As nomas técnicas da ABNT, NBR 10.821.2 e NBR 6.123, apresentam os valores de pressão a serem considerados.Esses valores variam conforme a região e características da edificação.

    A norma técnica NBR 6.123 apresenta os coeficientes dinâmicos para pressões negativas e positivas para coberturas inclinadas.


    Coeficiente dinâmico de pressões - A tabela nº18 da NBR 6.123 apresenta de forma clara os coeficientes dinâmicos. Esses coeficientes levam em conta ação horizontal dos ventos e os efeitos nas coberturas inclinadas.

    COEFICIENTES DE PRESSÃO PARA COBERTURAS INCLINADAS ATÉ 20º




    COEFICIENTES VALORES
    Cpb 2,4 tg0 + 0,6
    Cps 3,0 tg0 - 0,5






    Conhecendo os valores de pressões dinâmicas obtêm-se o esforço total sobre vidros. Na figura 1, a pressão é 1030N/m². O peso próprio do vidro e do caixilhão é 350 N/m². A somo resulta em pressão positiva total de 1380 N/m².
    No caso da figura 2, temos a pressão dinâmica de 40 N/m² - que resulta na pressão positiva: 350-40 = 310 N/m².Considera-se a pressão básica de 1000N/m² e adeclividade de 20º tg0.18.

    Muitos projetos arquitetônicos tendem a adotar as coberturas de vidro por serem consideradas elegantes e sofisticadas.


    Retirado de:

    Revista Contramaro

    Data de Publicação:

    20/06/2014 ás 14:30

    Voltar
    Rua Engenheiro Bianor,164 - CEP: 05502-010 - Butantã - São Paulo - SP
    © Copyright 2013 - Todos os direitos reservados

    Telefones: 55 11 3816-0122 / 3816-5311 / 3817-5665
    Email: contato@aluparts.com.br / aluparts@aluparts.com.br