Testes em Vidros de Segurança

03.05.2001

Nos últimos anos, vem crescendo significativamente a aplicação de vidros de segurança na construção civil para evitar impactos acidentais, ações de vandalismo, arrombamentos ou mesmo ataques com o uso de armas de fogo. Nesta categoria, o vidro laminado de segurança é o mais utilizado.

Geralmente, a especificação desse tipo de vidro é realizada a partir de testes de qualidade que obedecem aos parâmetros da norma DIN 52290, estabelecida pelo Deutsche Industrie Normenausschuss (DIN), o conselho alemão para normas industriais com o reconhecimento técnico internacional. A aplicação da norma comprova o nível de resistência ao impacto de munições dos mais variados calibres, inclusive de uso militar.

Um exemplo recente ocorreu na fábrica da Glassec Vidros, instalada em Nazaré Paulista (SP), com 18 amostras da nova linha de vidros de segurança laminados Blindatto, categoria anti-balas. A empresa realizou um teste de desempenho independente, que contou com a presença do engenheiro Nelson Firmino, consultor em esquadrias e vidros, e colaborador frequente de Contramarco & Companhia, e com atiradores de elite da Safety Partners, Empresa especializada em segurança.

“O teste avaliou o desempenho de vidros anti-balas em dois aspectos: proteção contra projeteis e emissão de fragmentos”, explica o engenheiro, destacando que é preciso que o vidro resista, sem ser perfurado e que não espalhe fragmentos quando atingido. “Na prática, isto significa que as pessoas no interior de um ambiente envidraçado não serão atingidas nem por balas, nem por fragmentos”, completa Firmino.

A norma DIN define o tamanho do corpo de prova, os tipos de armas e de projeteis utilizados, a quantidade de tiros e a distância do atirador com relação aos corpos de prova (conforme mostra a tabela de classes, armas e espessuras do vidro laminado, publicada nesta página).

Na face interna das amostras de 50cm por 50cm, montadas em um requadro de ferro fixado no piso, foram aplicados matérias especiais com o objetivo de manter agregadas, sob qualquer condição, todas as partículas de vidro que eventualmente pudessem se desprender. “Essa tecnologia desenvolvida nos produtos da linha Blindatto evita, na pratica, a projeção de fragmentos” , detalha Ramón Perez, consultor técnico da Glassex. Posicionado 50cm atrás do requadro de ferro, foi aplicado papel sensível aluminizado para registrar eventuais projeções de micro fragmentos. “A placa de papel sensível é tão importante quanto o comportamento da amostra testada, porque ocupa posição semelhante á do profissional de segurança que, se for atingido por fragmentos, ficará inoperante”, informa o engenh.eiro Firmino.

Distancias dos Alvos – Em obediência á norma DIN, foram adotadas distancias de tiro de 5, 10 e 25 metros em relação aos alvos, para os diferentes tipos de armas e projeteis utilizados.

Em cada corpo de prova determinou-se um triangulo equilátero com 12,5cm de lado, compondo alvos para os três tiros.

Segundo Ramon Perez, da Glassec, o teste de vidro anti-balas é uma referência para a especificação do vidro. “Quando ocorre um atentado, com que armas, e quais as distancias dos tiros e seus ângulos de incidência. A norma estabelece critérios que demonstram o desempenho do produto dentro de um determinado padrão de segurança”, diz ele acrescentado que através da descrição do local a ser protegido, o cliente fornece subsídios que determinam o grau de risco de um atentado.

Assim, a especificação de vidros anti-balas para uma agencia bancaria, embaixada ou portaria de um prédio residencial, deve considerar diferentes níveis de risco.

Cada caso exige composições diferenciadas. Por exemplo, um vidro com espessura nominal de 25mm resiste a uma arma calibre 38 superautomatica, enquanto que um com 60 mm suporta o ataque de um fuzil 7.62 com projetil perfurante do tipo armor piercing (projetil especial para perfuração de blindagem).

Retirado de:

http://www.revistaau.com.br/arquitetura-urbanismo/178/artigo122886-2.asp

 

Data de Publicação:

30/10/2013 ás 15:25

Voltar
Rua Engenheiro Bianor,164 - CEP: 05502-010 - Butantã - São Paulo - SP
© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados

Telefones: 55 11 3816-0122 / 3816-5311 / 3817-5665
Email: contato@aluparts.com.br / aluparts@aluparts.com.br